21/08/2017

6 passos para investir em Tesouro Direto


1- Ter CPF e conta corrente em uma corretora em algum a instituição financeira;

2- Escolher um agente de custódia que pode ser um banco ou uma corretora;

3- Fazer o cadastro na corretora do seu banco ou numa corretora independente. O ideal é escolher numa corretora que não cobre taxas. No site do tesouro direto você encontra a lista das corretoras credenciadas;

4- Após se cadastrar, você receberá por e-mail uma senha provisória com acesso direto ao Tesouro Direto e à sua corretora;

5- Trocar a senha provisória por uma senha definitiva;

6- Com a senha nova, através da internet, você já pode compra os títulos públicos mais adequados para você alcançar seu objetivo financeiro. Para a compra dos títulos você deve transferir dinheiro de sua contata corrente para sua conta na corretora.


CATEGORIAS: Artigos, Investimentos Financeiros, Previdência Privada, Tesouro Direto Títulos Públicos, Vídeos
Odete Reis

Odete Reis

Educadora Financeira e Palestrante, tem MBA em Gestão Estratégica de Negócios pela FMU. Certificação CPA-10 da ANBIMA. Mentora da “Metodologia $IM”. Coautora do Livro “Excelência no Secretariado” com o artigo “Diga $IM para você, para seu dinheiro e realize seus sonhos”. Colaboradora da TV Diário, afiliada Rede Globo e Rádio Metropolitana AM 1070. No Twitter: @odetefreis

Leia todos os artigos de Odete Reis

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*